Um jornalista de um canal local de televisão da Guatemala foi declarado como desaparecido na noite da quinta-feira (27) depois de ser atingido por uma rocha expelida pelo vulcão Pacaya. Aníbal Archila cobria a erupção quando simplesmente sumiu.

“Não temos comunicação com Aníbal há mais de três horas. Só sabemos que ele foi atingido por uma rocha enquanto cobria a erupção do vulcão”, disse à imprensa local Víctor Bolaños, diretor do canal de notícias Noti7.

Archila, de 32 anos, foi surpreendido pela erupção junto ao câmera Byron Secaida e outros repórteres da imprensa local, perto do Pacaya.

“Uma rocha caiu em suas costas. Eu saí correndo para buscar ajuda, mas não o encontramos”, disse Secaida.

Os equipes de socorro iniciaram as buscas pelo jornalista, mas uma persistente chuva, a escuridão e as cinzas vulcânicas atrapalham os trabalhos de resgate.

*ATUALIZAÇÃO: As equipes de resgate localizaram nesta sexta-feira (28) o corpo de Aníbal Archila. O jornalista morreu após ser atingido pela rocha expelida pelo vulcão. O corpo tinha queimaduras e múltiplas fraturas.

Fechar X
Sem mais artigos