O professor brasileiro Almir Olimpio Alves, de 42 anos, é uma das vítimas do massacre ao centro de imigrantes de Nova York, acontecido na última sexta (3). A confirmação foi feita pela mulher do professor, Márcia Pereira Lins, que informou ainda que o marido estudava no local.

Alves foi uma das 13 pessoas mortas por Jiverly Wong, de 41 anos, que invadiu a American Civic Association, na cidade de Binghampton, armado com uma pistola 9 mm e outra 45 mm, além de uma faca. Antes de se suicidar, Wong ainda manteve 37 reféns.

De acordo com a polícia local, o crime foi premeditado e a motivação teriam sido as constantes gozações que Voong sofria por não se adaptar ao estilo de vida norte-americano e suas dificuldades com o idioma inglês.

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da Internet está a um clique daqui!

Fechar X
Sem mais artigos