O Capital Inicial lançou no começo de junho o seu 12º segundo álbum de estúdio. O disco, intitulado Das Kapital (referência ao livro O Capital, de Karl Marx), não inova, mas conquista o ouvinte com seu rock direto e honesto, que tem agradado aos fãs da banda-ícone dos anos 80 desde o seu retorno, em 1998.

Dinho Ouro Preto (vocal), Flávio Lemos (baixo), Fê Lemos (bateria) e o ex-Viper, Yves Passarel (guitarra), mantém uma sólida e longa carreira no rock nacional, coisa rara em uma época repleta de modismos musicais.

Os membros do Capital Inicial conversaram com o Virgula Música sobre o disco novo, política, socialismo na web, Brasília, acidente no palco, bandas novas e o segredo da longevidade. Veja abaixo:

Fechar X
Sem mais artigos