O Corinthians se livrou de uma punição que poderia prejudicar o clube na Copa do Brasil nesta segunda-feira (1). O clube foi absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela invasão de um torcedor  do time no estádio do Maracanã nas quartas-de-final contra o Fluminense.

Com isso, a agremiação se livrou, por unanimidade, da multa que ia até R$ 200 mil e do risco de perder até dez mandos de campo. “O Corinthians mal recebeu os ingressos para seus torcedores. O clube não tem o poder de polícia”, justificou João Zanforlin, advogado do clube.

O time havia sido denunciado na semana passado e caso fosse punido não poderia disputar a final da Copa do Brasil, caso passe pelo Vasco na quarta-feira (3), contra Inter ou Coritiba em seu estádio.

Fechar X
Sem mais artigos