A disparidade entre Corinthians e os demais clubes na Série A do Campeonato Brasileiro em relação a renda é assustadora. Enquanto a maioria dos times sofrem para alcançar R$ 1 milhão de renda líquida, o Alvinegro já passou a casa dos R$ 3 milhões.

Ao todo, com seus sete jogos no Pacaembu, o Corinthians já faturou R$ 3,16 milhões. Enquanto isso, o segundo colocado é o Ceará que em seis jogos tem renda líquida de R$ 1,51 milhão.

Todos os demais clubes não conseguiram alcançar nem a metade da arrecadação corintiana. Para completar a lista das cinco melhores rendas líquidas aparecem Palmeiras, R$ 1,32 milhão, Inter, R$ 1,23 milhão, e Atlético-MG, R$ 1 milhão.

Conhecido por ter a maior torcida do Brasil e acostumado a lotar estádio, o Flamengo não tem nem um terço da arrecadação alvinegra. Ao Rubro-negro faturou apenas R$ 819 mil em suas oito partidas em casa.

Em contrapartida, Fluminense, com R$ 37 mil negativo, Avaí, R$ 177 mil, Vasco, R$ 211 mil, Grêmio, R$ 244 mil, e Grêmio Prudente, R$ 287 mil, são os cinco piores. Conheça a renda líquida de todos os times e a quantidade de partidas em ordem decrescente:

Corinthians – 7 jogos – R$ 3,16 milhões
Ceará – 6 jogos – R$ 1,51 milhão
Palmeiras – 7 jogos – R$ 1,32 milhão
Inter – 7 jogos – R$ 1,23 milhão
Atlético-MG – 7 jogos – R$ 1 milhão
São Paulo – 6 jogos – R$ 985 mil
Atlético-GO – 7 jogos – R$ 844 mil
Flamengo – 8 jogos – R$  819 mil
Cruzeiro – 5 jogos – R$ 755 mil
Goiás – 6 jogos – R$ 479 mil
Santos – 5 jogos – R$ 476 mil
Guarani – 6 jogos – R$ 434 mil
Vitória – 6 jogos – R$ 429 mil
Botafogo – 7 jogos – R$ 408 mil
Grêmio Prudente – 6 jogos – R$ 287 mil
Atlético-PR – 5 jogos – R$ 266 mil
Grêmio – 5 jogos – R$ 244 mil
Vasco – 7 jogos – R$ 211 mil
Avaí – 7 jogos – R$ 177 mil
Fluminense – 7 jogos – R$ -37 mil

Todos os dados dessa matéria foram retirados do site www.ricaperrone.com.br

Sem mais artigos