O número de desempregados no Reino Unido superou os dois milhões pela primeira vez desde 1997, quando o Partido Trabalhista chegou ao poder, informou hoje o Escritório Nacional de Estatísticas (OMS, em inglês).

Outras 165 mil pessoas perderam o emprego entre novembro e janeiro passado, o que elevou o número de desempregados a 2,03 milhões, acrescentou a fonte.

Este número, calculado levando em conta os que recebem o benefício do seguro-desemprego e os que não, equivale a 6,5% da força de trabalho do Reino Unido, segundo o OMS.

Além disso, 138.400 pessoas passaram a receber seguro-desemprego em fevereiro, o 13º aumento mensal consecutivo, disse o Escritório de Estatísticas.

A renda média dos trabalhadores aumentou 1,8% no último ano até janeiro deste ano.

Segundo a central sindical britânica Trades Union Congress (TUC, em inglês), há dez pessoas desempregadas que concorrem a cada posto de trabalho que fica vago.

O secretário-geral do TUC, Brendan Barber, disse que os dados divulgados hoje representam “outro marco no retorno ao desemprego em massa no Reino Unido”.

“Temos que pressionar os líderes mundiais para que trabalhem juntos e lutem contra a recessão”, acrescentou o secretário-geral do TUC, em referência à cúpula do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e principais emergentes) que será realizada em 2 de abril em Londres.

Normal
0
21

false
false
false

MicrosoftInternetExplorer4


/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:10.0pt;
font-family:”Times New Roman”;
mso-ansi-language:#0400;
mso-fareast-language:#0400;
mso-bidi-language:#0400;}

Baixa Hits. A mais completa loja de Música digital da
Internet está a um clique daqui!

Fechar X
Sem mais artigos