O famoso Geneva Auto Show, o salão do automóvel de Genebra, começa nesta quinta-feira, mas a Ferrari já anunciou a apresentação do seu primeiro modelo híbrido, chamado HY-Kers. E para desespero dos tradicionalistas, a cor condiz com guinada ecologicamente correta da fabricante italiana: nada de vermelho ou amarelo, mas verde.

Além da nova cor, outro detalhe que pode deixar os admiradores mais antigos um pouco decepcionados é que a máquina não terá o ronco característico do motor, já que o híbrido é mais silencioso que o tradicional à combustão. Mas a desconfiança para por aí. O modelo 599 GTB com potente motor V12 atinge 100km/h em apenas 3,5 segundos.

Além do motor elétrico híbrido, que usa pouquíssima gasolina para rodar e emite 35% menos CO2 que o modelo convencional, o carro terá a tecnologia Kers. Desenvolvido para a equipe de Fórmula 1, o sistema armazena energia cinética das freadas, energia que depois é utilizada pelo carro, aumentando ainda mais a autonomia da bateria e, por consequência, a distância percorrida. O carro deve atingir a marca de  30 quilômetros por litro de combustível. Nada mal para um carro super esportivo.

Sem mais artigos