Os gastos de turistas brasileiros no exterior voltaram a subir em julho deste ano, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (25) pelo Banco Central. A queda do dólar e o aumento da renda são fatores que impulsionam a elevação do turismo brasileiro no exterior.

De acordo com a instituição, as despesas de turistas brasileiros no exterior totalizaram US$ 1,04 bilhão em julho deste ano, o maior valor desde setembro de 2008, quando somaram US$ 1,12 bilhão.

De acordo com Altamir Lopes, chefe do Departamento Econômico do BC, o mês de julho é caracterizado por férias escolares, o que resulta em um aumento de despesas no exterior.

“Julho, e particularmente agosto quando começa a liquidar as contas de cartão de crédito, elas [despesas no exterior] se aceleram. Mas nada muito fora do padrão. O que estamos observado é um retorno à normalidade”, afirmou ele.

Ao mesmo tempo, as despesas de turistas estrangeiros no Brasil também avançaram. Em julho, os gastos de estrangeiros somaram US$ 444 milhões, contra US$ 403 milhões em junho. Antes do agravamento da crise, as despesas de estrangeiros estavam mais próximas dos US$ 500 milhões.

Fechar X
Sem mais artigos