O piloto brasileiro Nelsinho
Piquet anunciou hoje em seu site oficial que disputará a próxima
temporada da Nascar, deixando a Fórmula 1, onde estava sem equipe
após ter sido demitido da Renault.

Em 2009, ele chegou a fazer testes na categoria picapes do
campeonato americano, mas ao mesmo tempo tentava voltar à F-1. No
entanto, seu envolvimento no escândalo do GP de Cingapura de 2008,
quando forçou um acidente supostamente a mando de sua própria
equipe, a Renault, dificultou suas chances de conseguir um lugar em
outra escuderia.

“Passei os últimos meses avaliando cuidadosamente as minhas
opções para este ano. Eu tinha que escolher uma direção e essa foi
uma decisão difícil a ser tomada. Ser bem sucedido na Fórmula 1
sempre foi o meu objetivo, mas aprendi que felicidade é tão
importante quanto ambição. Meus primeiros 18 meses na F1 não saíram
exatamente como planejado, então decidi focar em algo diferente e
escolhi competir na América do Norte”, diz o comunicado.

Segundo Nelsinho, a “Nascar é extremamente competitiva”, e é
vista por ele como um “desafio incrível”.

“Sinto que será uma ótima experiência de vida, em um ambiente
muito positivo. Tenho certeza de que este ano será fantástico e
estou muito empolgado com as perspectivas para o meu futuro nas
pistas”, acrescentou.

Fechar X
Sem mais artigos