Sininho, a fadinha amiga de Peter Pan, será a próxima “embaixadora verde honorária” das Nações Unidas, um cargo com o qual terá a missão de conscientizar as crianças sobre os problemas ambientais.

A ONU anunciou que a fadinha da Disney assumirá o cargo com o objetivo de colaborar com a tarefa da organização de estimular a determinação de um acordo na conferência sobre o clima que será realizada em Copenhague entre 7 e 18 de dezembro.

“A Sininho é uma grande embaixadora do meio ambiente, sempre viveu em harmonia com a natureza e sua nomeação é uma grande oportunidade para que esta adorável personagem sirva de inspiração para crianças de todo o mundo”, explicou a ONU.

Em comunicado, acrescentou que nove de cada dez desastres naturais está relacionado com o aumento da temperatura global.
O subsecretário-geral de Comunicação e Informação Pública da ONU, Kiyo Akasaka, organizará a “posse”, que acontecerá no domingo, coincidindo com a estreia em sua sede de “Sininho e o Tesouro Perdido”, um desenho animado da Disney cujo DVD começará a ser vendido na semana que vem.

“Estamos encantados que Sininho tenha aceitado ser nossa ‘embaixadora verde honorária'”, disse Akasaka, já que “a personagem pode nos ajudar a inspirar muitas crianças e seus pais a fazerem o que puderem para cuidar do meio ambiente”.

 

 

Fechar X
Sem mais artigos