Um taxista recebeu uma herança de 250 mil libras (R$ 660 mil) de uma fiel (e agradecida) passageira. Em seu testamento, Mary Watson, que faleceu aos 86 anos, deixou a casa e a poupança para Don Pratt, seu motorista na cidade de Newquay, na Inglaterra, durante 20 anos.

“Eu sempre procuro ajudar os idosos, já que um dia vou precisar de alguém que me ajude”, disse Pratt, de 65 anos, ao Daily Mail. O taxista deixou Newquay há 10 anos para trabalhar em Northampton, mas a amizade com a cliente permaneceu.

Segundo Pratt, Mary era um pouco mal-humorada e não levava desaforo pra casa. Mas, apesar disso, sempre foi uma pessoa adorável.

“O advogado dela ligou para me dizer que Mary tinha lembrado de mim em seu testamento. Eu não pude acreditar quando descobri que ela tinha deixado tudo para nós”, explica.

Agora, Pratt vendeu sua empresa de táxi a um amigo e aguarda a herança para desfrutar uma confortável aposentadoria. “Trabalhei dias e noite. Finalmente vou poder viajar e fazer tudo aquilo que sempre sonhei”, finaliza o feliz ex-taxista.

Fechar X
Sem mais artigos