Para quem quer conhecer o México, a capital Cidade do México é uma parada obrigatória. Lá é possível encontrar desde pirâmides e arte pré-colombiana, que revelam boa parte da história da humanidade, até as mais recentes construções de primeiro mundo e a vida bem moderna que levam parte de seus habitantes.

A publicitária Andrea Buzzi, de 22 anos, morou no México durante oito meses e revelou ao Girls & Boys algumas dicas para quem quer conhecer melhor a capital.

Para comer: Cochinitos  (um restaurante  típico localizado ao sul da cidade). O preço é honesto e se come super bem. Mas a melhor dica é qualquer tacaria de rua. Por mais que tenha uma cara feira, a comida é incrível e super barata. Sair da balada e comer um taco al pastor não tem preço! Só é preciso ter cuidado com as pimentas, porque todos os molhos são apimentados. Uma bebida que indo ao México é necessário provar é uma “Michelada”, que é uma cerveja (Corona, Sol ou Passifico) com limão e um molho. A princípio é meio estranho, mas o gosto é bom.  Fora a tequila, que é servida com absolutamente tudo!
 
Para Beber: Existem três bairros na cidade em que os bares são mais animados (Polanco, La Condesa e Coyacan). Os dois primeiros são mais high society  e os bares são mais caros. Em Coyacan, os bares são mais honestos, mas não são tão cheios e badalados, porém o bairro é uma graça e tem uma pracinha.
 
Pra comprar: O México é um país que as coisas são mais baratas que o Brasil. Roupa é bem barato. Quanto a souvenir, existem mercadinhos que são mais baratos.

Balada: No México, as baladas começam e terminam muito rápido. Eu fui em baladas que agora não existem mais. Mas existe uma chamada Sky que fica no topo de um prédio na Insurgientes Sur. A balada não é muito barata, mas a vista incrível da cidade compensa tudo. Muitas baladas têm a “Barra Libre”, principalmente para mulheres, isto é, você paga um preço para entrar e pode consumir o que quiser. Um bairro que tem muita balada é o La Condesa, e  em alguns casos, dá até para trocar de balada a pé.

Para passear: Existe um ônibus que faz um tour nos pontos mais bacanas da cidade e você pode subir e descer dele para conhecer os lugares. O Museo de Antropologia é legal porque é gigante. O centro da cidade é lindo, porém meio perigoso (é melhor não ir com muitos pertences). O teatro de Belas Artes também é lindo. Em Coyacan também é legal ir de dia, porque tem  a casa da Frida Kalo e do Diego Rivera  e é um lugar mágico.
 
Para visitar: Tem também as pirâmides, que vale super a pena ir. Embora pareça cansativo, é legal subir as duas e, na volta, passar pela catedral de Guadalupe.

Dica para turistas: Não peguem os táxis brancos e verdes!  Embora eles sejam muito mais baratos,  eles estão caindo aos pedaços, e muitas vezes roubam os turistas ou os sequestram. Eu já andei e não aconteceu nada, mas eu era local e até falava como eles. Neste caso, vale a pena pagar um pouco mais pela segurança!
 
Outras cidades para visitar:
 
Taxco: O mundo da prata! Essa cidade gira em função da venda da prata. Ela fica cerca de uma hora da Cidade do México e vale a pena só passar o dia, por que além da prata e da cidade que é bonita para caminhar não tem nada para fazer. O bacana é ir com muitos amigos porque eles vendem atacado e a qualidade é ótima. 
 
Acapulco: É  a praia mais perto da Cidade do México, embora não seja lá grande coisa. O que é legal é a vida noturna. Tem uma balada que fica em cima de um morro e tem uma vista maravilhosa.
 
Cancun: Maravilhosa! A água é uma coisa incrível e tem praias próximas que pode-se passar o dia como Playa del Carmen e Cozumel. Quanto mais afastado do centro da cidade mais azul a água. Além disso, a vida noturna é incrível, cheia de restaurantes e baladas.

Leia mais:
Turismo em Portugal
Turismo na Espanha
Turismo na Itália
Turismo na Inglaterra
Turismo na Irlanda
Turismo na Argentina
Turismo no Chile

Fechar X
Sem mais artigos