Manoel e Danilo estão liberados para atuar no jogo de volta da Copa do Brasil entre Atlético Paranaense e Palmeiras. Virgílio Val, presidente em exercício do Superior Tribunal de Justiça Desportivo (STJD), rejeitou a suspensão preventiva dos atletas.

Apesar de se livrarem da denúncia, Danilo e Manoel ainda poderão ficar fora dos gramados após o julgamento dos atos cometidos durante a patida de ida no Palestra Itália.

Danilo poderá ser suspenso por até 24 partidas em jogos organizados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O atleta foi denunciado por atitude discriminatória e cuspir contra o adversário.

Já Manoel corre risco de ficar seis jogos longe dos gramados pela cabeçada que deu em Danilo e por um suposto pisão no adversário.

Fechar X
Sem mais artigos