O técnico do Manchester City, Roberto Mancini, disse hoje que deve falar com Robinho sobre seu futuro, mas considera difícil a permanência do jogador no Santos.

Segundo Mancini, Robinho ficará no Brasil até a viagem para o jogo entre a seleção brasileira e os Estados Unidos, no dia 10, na cidade americana de East Rutherford. Depois, o atacante segue para a Inglaterra.

“Preciso falar com ele”, disse o técnico do City.

“Trabalhei com ele durante um mês. Depois, ele decidiu voltar ao Brasil. Disse que queria estar em casa já que poderia se preparar para jogar com a seleção de seu país na Copa do Mundo”, explicou Mancini.

“Não houve pressão de minha parte, mas agora devo falar com ele porque é muito difícil que fique no Santos”, reconheceu.

Se o Manchester City não quer abrir mão de Robinho, o mesmo não acontece com o atacante paraguaio Roque Santa Cruz, que aparece como um dos três homens do time que podem deixar a equipe antes de 31 de agosto, quando termina a temporada de transferências, pelo grande número de jogadores atualmente no clube.

“Ter muitos jogadores ainda não é um problema porque os jogos ainda não começaram. Depois do próximo sábado, será mais difícil”, comentou Mancini, em alusão ao início do Campeonato Inglês no próximo dia 14.

Fechar X
Sem mais artigos