Svetlana Gachegova e Ekaterina Naidenko vivem em uma pequena cidade na Rússia, são melhores amigas de infância, mas recentemente, aos 28 anos, descobriram que foram trocadas na maternidade.

Ao site Mirror, elas disseram que desde criança, quando costumavam ir muito uma na casa da outra, as pessoas comentavam que podia ter tido um erro no hospital. Na época, os pais não fizeram nada. Foi a irmã de uma delas – que, na verdade, é irmã da outra – quem contou a história a um programa de TV e foi feito o exame de DNA.

Mas a notícia não deixou as duas envolvidas nem suas famílias felizes. Ekaterina, que tem dois filhos, cresceu em uma casa com quatro irmãos e pais amorosos e acaba de descobrir que seus pais de sangue estão ambos mortos. “Ekaterina não era magra e alta como meus outros quatro filhos, mas eu era feliz porque ela era saudável”, disse Valentina, a mãe que criou Ekaterina, mas deu à luz Svetlana.

Já Svetlana não gostou de saber que a única irmã que teve ao crescer também não é sua família de sangue. “Gostaria de esquecer este exame de DNA. Não acredito que isso esteja acontecendo. Parece que estou em um filme”.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos