Ao aventurar-se por um aplicativo de namoro, Thea Lauryn Chippendale acabou sendo surpreendida por um infeliz match, que deslizou para a direita apenas para criticar um de seus vestidos. Porém, ela deu a melhor resposta que podia: foi convidada pela marca para ser a modelo da peça.

O caso de Thea chegou à ASOS através do Twitter, onde a estudante publicou o print da conversa, acendendo a fúria de vários usuários. George puxou assunto no aplicativo dizendo: “não vou mentir, você é bonitinha, mas esse vestido da última foto não está te favorecendo. Espero que esse comentário ajude”.

“Por que você acha que tem o direito de falar isso? Sua cabeça está aonde para achar que sua opinião importa?”, criticou a jovem. Porém, o homem insistiu: “eu tinha que te dizer ou não conseguiria dormir, você não vê? Parece coisa de bazar de caridade”. Ele continuou o ataque dizendo que ela deveria amadurecer e fazer compras ” em um lugar decente”.

Os usuários do Twitter ficaram chocados com o comentário mal educado. “Nossa, estou sentido o cheiro da insegurança daqui”, “a opinião dele não importa, você está incrível”, “amei o vestido, onde compro?”, escreveram outras mulheres.

Contudo, muitas também compartilharam experiências parecidas: “um cara deu match comigo só para dizer que não gostava das minhas sobrancelhas”, “um homem deu match e disse que que eu ficaria bem mais bonita se perdesse uns quilos”.

Diante da repercussão, a ASOS, marca do famigerado vestido, convidou Thea para ilustrar a foto do produto no site. “Deslize para a direita para ver quem riu por último”, publicou a marca.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos