Fechar X

O inglês Prudence Staite, 33 anos, arranjou uma forma inusitada de recriar pontos turísticos de seu país: usando batata frita como matéria-prima. Para fazer as versões comestíveis da London Eye, Big Bem, Stonehenge, entre outros, foram utilizados 10 kg do tubérculo, além de ervilhas.

“Nós nos divertimos muito com esse projeto, desde os primeiros esboços para os desafios técnicos em torno de como as esculturas seriam realizadas, até o final. Marcos emblemáticos do Reino Unido são importantes para a nossa história cultural e comer batatas fritas é uma tradição do seu povo. Parecia muito natural unir os dois elementos e recriar um pouco da história do nosso país”, explicou o artista, que contou com uma equipe de assistentes.

O projeto foi uma encomenda para celebrar a Chip Week 2014 (Semana da Batata), comemoração anual dos adoradores de batata, realizada no Reino Unido no mês de fevereiro.

Clique nas imagens acima e veja a reprodução dos pontos turísticos.

Fechar X
Sem mais artigos