Uma intervenção nas ruas de uma cidadezinha europeia mostrou que não é todo mundo que tem senso de humor. O fato aconteceu em Ørje, na Noruega. Mesmo com a permissão do conselho local, funcionários de segurança rodoviária não conseguiram ver o lado engraçado depois de um grupo de artistas colocar placas alertando que as pessoas tinham que fazer uma travessia desvairada ao usar faixas de pedestre.

As placas azuis são inspiradas em uma cena famosa do grupo de humor Monty Python, em que um funcionário público de um ministério fictício é responsável pelo desenvolvimento de travessias loucas. Era tão popular que os artistas do grupo Kreativiteket decidiram instalar as placas como um tributo à cena, que tem mais de 44 anos de idade.

Reidar Soby, um dos artistas, afirmou que a intervenção era só para trazer um pouco de divertimento para a vida das pessoas. “Quando as pessoas viam este sinal, talvez pudessem se sentir um pouco mais alegres”, assinala ao site Orange.

O burocrático órgão norueguês gestor de estradas públicas não achou graça nenhuma. Um porta-voz disse que não se deve usar sinais que possam ser confundidos com sinais oficiais. A organização já entrou em contato com o coletivo pedindo para remover as placas, deixando claro que elas não são aceitáveis.

Fechar X
Sem mais artigos