Sofia nasceu com uma síndrome rara (Berdon) que impossibilita o funcionamento normal do intestino. Ela precisa de um transplante do órgão, procedimento complicado de se fazer no Brasil. Tem até um médico nos EUA já disposto a realizar a cirurgia. Por isso, a família começou uma vaquinha na internet para levá-la para lá.

Uma intensa mobilização virtual está sendo feita para ajudar a garotinha. A página Ajude a Sofia, no Facebook, já reúne mais de 20 mil fãs. Criada há um mês e meio, a Vakinha já atraiu 62 mil pessoas, com mais de R$ 30 mil em doações. Só que ainda não é o suficiente para realizar o procedimento.

Em outra página, a Caridadx, é possível doar até um real. A bebê, que é do interior de São Paulo e passou seus primeiros três meses de vida em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), está recebendo até doações de pessoas de outros países, comovidas e empenhadas em salvar a vida da pequena.

Fechar X
Sem mais artigos