Uma bebê de um ano morreu após ser esquecido pelas funcionárias de uma creche, por mais de duas horas, em um carro no estado do Novo México, nos Estados Unidos. Uma criança de dois anos também estava dentro do veículo e sofreu danos cerebrais permanentes.

O caso, ocorrido em Julho de 2017 – época do verão norte-americano – foi julgado neste ano e terminou com a condenação de Mary Taylor, dona do estabelecimento, e sua filha Sandi, que também trabalhava no local. Segundo informações do The Mirror, Mary e Sandi levaram as vítimas e outras quatro crianças a um parque e, ao retornarem à creche, esqueceram de retirar a bebê Maliyah Jones e Aubrianna Loya do veículo.

O promotor conta que “a funcionária tinha intenção de voltar e buscá-las, mas acabou se distraindo no caminho – ela não soube especificar com o quê – e então começou a preencher uma papelada”.

Mary e Sandi foram condenadas a 36 e 30 anos de prisão, respectivamente, e seu advogado afirmou que irá apelar, de acordo com a agência Associated Press.

Fechar X
Fechar X