Ivy Finn tem apenas 6 meses de idade, mas já possui uma linda história de superação. O bebê, que nasceu com problemas cardíacos e foi o primeiro no mundo a passar por uma cirurgia a laser ainda no útero da mãe, finalmente foi para casa após passar por outras três operações em que teve o seu pequeno coração aberto.

Quando a mãe Rachel estava grávida de 5 meses, os médicos de Jacksonville, na Flórida (EUA), informaram a ela e ao marido Geoff que a menina tinha um defeito que não fazia o coração bombear o sangue para o lado esquerdo do corpo, e também um buraco que fechava que fechava as câmaras do coração.

Médicos disseram ao casal que Ivy não sobreviveria após o parto. Depois de recusas de diversos hospitais, o casal se mudou para Houston, no Texas, onde Ivy passou por uma inédita cirurgia via laser, que foi introduzido pelo útero de sua mãe, de acordo com informações do jornal The Times Union.

Após nascer, a menina passou por uma cirurgia seis dias após ser parida, e ainda outras duas em que seu coração foi aberto. Depois de alguns meses, finalmente os médicos deram alta a Ivy, para a alegria dos pais e do irmão Bear, de 4 anos.

Entretanto, Ivy ainda precisará futuramente de um transplante de coração. Mas seu pai acredita que a fase mais difícil já passou. “Ela tem mais uma cirurgia para fazer num intervalo em torno de dois a quatro anos. E então, depois disso, realmente veremos o quanto tempo o coração dela será capaz de manter o ritmo”, disse Geoff à emissora CBS News.

“Não há palavras para descrever o quanto estamos gratos por tê-la, porque realmente achamos que não”, afirmou Rachel. “Ela é simplesmente incrível”.

 

Fechar X
Sem mais artigos