Mais uma polêmica machista durante a Copa do Mundo da Rússia. Desta vez, o Burger King russo foi longe demais em uma promoção. A rede de lanches oferecia $3,500 libras (aproximadamente R$ 18 mil) e lanches para o resto da vida para alguma mulher russa que engravidasse de um jogador de futebol que esteja participando do torneio.

“Para vocês meninas, isto tornaria possível ter um bebê com os melhores genes do futebol e ajudaria muito as futuras gerações da seleção russa. Vamos em frente! Acreditamos em vocês!”, dizia a propaganda. O anúncio foi postado na rede social VK, espécie de Facebook do país, segundo o site inglês Mirror.

Por causa das críticas, o Burger King Rússia deletou a campanha e se desculpou: “Sentimos muito pelo que publicamos. Acabou se tornando muito ofensivo. Agradecemos pelo feedback”.

Fechar X
Sem mais artigos