Com a pergunta “Quem é seu pai?” escrita na carroceria, uma caminhonete percorre as ruas de Nova York vendendo exames de DNA a qualquer pessoa que duvide que seus filhos sejam seus, informou nesta quarta-feia o jornal “New York Post“.

 

O serviço prestado por essa clínica sobre rodas às vezes transforma o veículo em um verdadeiro “Heartbreak Hotel“, disse Jared Rosenthal, citando uma música gravada por Elvis Presley.

Rosenthal dirige a caminhonete e faz os exames de paternidade por preços que variam entre US$ 299 e US$ 575, dependendo do tipo. Em seguida envia aos clientes os resultados pelo correio ou então os entrega pessoalmente, um trabalho que pode ser “realmente duro às vezes”, disse.

“Há drama, muito drama. Às vezes você vê um homem entrar com seu bebê, os vê juntos e tudo que você espera é que seja seu pai”, conta o encarregado de percorrer a cidade com o veículo, operado pela empresa Health Street Clinics.

Rosenthal lembra histórias difíceis como a de um homem que descobriu que não era o pai biológico de seu filho de cinco anos, cuja rosto carregava tatuado no peito.

“Durante duas ou três semanas ele me ligava perguntando o que fazer. Não queria dizer a ninguém, não conseguia contar à sua família”, lembra o motorista de “Quem é seu pai?”, que garante que o sucesso da caminhonete está na “intimidade” que oferece.

Mas Rosenthal também foi testemunha de histórias com final feliz, como a de um nova-iorquino de 44 anos que confirmou, após fazer os exames na caminhonete, que era o pai biológico de uma jovem de 20 anos que o contatou através da rede social Facebook.

“Também recebo muitos pedidos de militares para fazer os testes em seus filhos. Suponho que, quando não estão em casa, querem ter uma segurança”, acrescentou o motorista, que também conta com um serviço para que o chamem por telefone.

Fechar X
Sem mais artigos