Algumas empresas tem um código de vestimenta para os funcionários, como, por exemplo, ter que usar terno e gravata. Porém, nem sempre esses dress codes levam em consideração a temperatura que as pessoas estão enfrentando no mundo real, fora do escritório.

Joey Barde, um funcionário de um call center em Buckinghamshire, no Reino Unido, recentemente enfrentou um problema com seu chefe. Ele foi mandado para casa por usar uma bermuda no trabalho.

Joey foi de bermuda trabalhar por conta do calor

Reprodução/Twitter Joey foi de bermuda trabalhar por conta do calor

É verão na Europa e as temperaturas na região onde Joey vive estão batendo os  30ºC. Para se rebelar contra essa norma de vestimenta, o rapaz resolveu inovar.

Eis o vestido!

Reprodução/Twitter Eis o vestido!

Joey aceitou uma dica de um usuário do Twitter e voltou ao trabalho seguindo o código de vestimenta das mulheres. Ou seja, ele podia usar um vestido! “Vejo vocês em breve, Twitter. Certamente eu serei mandado para casa mais cedo”, ele escreveu na legenda da foto em que aparece com um vestido pink.

Joey no trabalho

Reprodução Joey no trabalho

Porém, algo surpreendeu o jovem de 20 anos: ele foi autorizado a ficar no trabalho após a troca de roupa. No Reino Unido, há uma lei que proíbe empresas de discriminarem funcionários com base em sua sexualidade ou identidade de gênero. Aliás, o chefe de Joey ainda soltou um memorando afirmando que o dress code estava sendo temporariamente alterado e agora os homens poderiam usar bermuda. Vitória para o funcionário!

guy-come-back-work-wearing-pink-dress-joey-barge-10-594a56b30c005__700

 

Fechar X
Sem mais artigos