Quando um furacão passa por uma vila, cidade ou país, muitas coisas mudam de lugar, em proporções catastróficas. Pessoas perdem casas, amigos, parentes, carros e mesmo animais de estimação. Se em terra é um terror, no oceano não é diferente.

Prova disso tem a ver com uma criatura misteriosa e, ao mesmo tempo, assustadora que chegou às praias do Texas, após a passagem do furacão Harvey.

Preeti Desai, da Sociedade Nacional de Audubon, caminhava pela costa para averiguar os estragos do fenômeno natural quando se deparou com um animal em estado de decomposição na areia. Era algo tão bizarro que ela não conseguiu identificar de pronto.

Parecia um animal sem olhos, com uma boca repleta de dentes afiados e um corpo cilíndrico. “Foi uma surpresa, algo totalmente inesperado. Não é um animal que costumamos ver na praia”, disse Preeti em entrevista à BBC.

Ela aproveitou e postou as fotos da criatura marinha nas redes sociais em busca de ajuda na identificação dele. Foi quando um amigo de Preeti deu uma luz ao caso, o biologista Kenneth Tighe.

Ele afirmou que provavelmente se trata de uma espécie de enguia, por causa das presas assustadoras. Segundo ele, animais desse tipo costumam viver nas profundezas do oceano Atlântico, a 90 metros de profundidade.

Veja algumas fotos:

Fechar X
Sem mais artigos