Foi uma luta. Após meses atrás de toda a documentação, finalmente eis que chega o grande dia: neste domingo (23), uma das pistas do Elevado Costa e Silva, na altura do metrô Marechal Deodoro, na região central de São Paulo, será transformada em uma piscina olímpica. Das 10h às 22h, será possível se jogar na instalação com água tratada em uma enorme e gratuita “Pool Party”.

A arquiteta Luana Geiger, idealizadora e responsável pela intervenção, está exultante. Afinal, foram meses de apreensão e muita correria depois que o evento, originalmente marcado para o dia primeiro de dezembro do ano passado, foi embargado. A justificativa é que a instalação não poderia ser realizada por questões de segurança, mas sabe-se que houve reclamação por parte de vizinhos que não gostaram da ideia e entraram com pedido junto à sub-prefeitura da Sé.

Agora, com a liberação e com o aval da Prefeitura, a “Piscina no Minhocão” poderá receber até 350 pessoas em seus cinquenta metros de extensão. Parte da X Bienal de Arquitetura, que tem o tema “Cidade: Modos de Fazer, Modos de Usar”, o evento está aberto a apropriações de todos os tipos: vários movimentos confirmaram participação, como o Walking Gallery, Projeto Matilha, Basurama, BaixoCentro, entre outros. O line up será 100% vinil com vários DJs para animar a galera, como Don Magrones, Formiga e seu Arruda.

Tudo será gratuito e, mesmo já esperando uma queda na temperatura por conta da frente fria que chega à metrópole, a moçada promete se jogar. Na página do evento no Facebook, já são mais de 3,6 mil participantes confirmados.

Ainda, depois da desmontagem, todo a lona utilizada será doada em partes para os interessados, após a água ser usada para lavar a cidade. E, antes que alguém se preocupe com o racionamento, a água da piscina virá de poços artesianos, não do sistema Cantareira ou de outros que abastecem a Capital.

Fechar X
Sem mais artigos