Na reabertura do bar Penthouse Day Club, em Los Angeles, o público foi recebido por belas funcionárias, música alta, confete e claro que não poderiam faltar as bebidas para celebrar a flexibilização do isolamento. Uma jovem, vestindo uma máscara de proteção, então trouxe o champanhe. Só que ela chegou dentro de um caixão aberto, agitando a garrafa para o alto.

O vídeo, do que deveria ser de uma reabertura “suave”, foi gravado no último domingo (14), segundo informações do site Insider. As cenas mostram que, fora a equipe da casa, poucas pessoas usavam máscaras de proteção e o distanciamento social não foi colocado em prática.

Detalhe: a trilha sonora escolhida para a chegada do caixão tem um tom funesto. É a música de entrada do lutador de WWE, The Undertaker.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Here’s what you missed yesterday @phdayclubla .🔥⠀ .⠀

Uma publicação compartilhada por K the Promoter (@kay_thepromoter) em

O vídeo não foi bem recebido por muita gente. No Instagram, alguns usuários comentaram: “isso é horrível, existem pessoas morrendo. Isso é um grande tapa na cara, não acredito”, “que merda é essa? Que mau gosto, sem classe”, “tantas vidas sendo perdidas atualmente por causa da polícia e da pandemia. Esta é a merda que vocês acham engraçada? Absolutamente nojento”.

Mas um frequentador do clube, identificado como “Young Selfie”, contou ao Insider que as apresentações nos caixões ocorrem desde a abertura da casa, “há uns cincou ou seis anos”.

“Não é uma forma brincar com as mortes causadas pela Covid-19 […] Eles não estão fazendo piada com as pessoas que morreram do vírus”, tentou explicar o rapaz.

No Instagram da casa, um post de 4 de Setembro de 2018 realmente já mostra algumas mulheres dentro de um caixão segurando garrafas de champanhe.

De acordo com o cliente, quando as garotas saem do caixão com as garrafas e abrem a bebida em sua mesa, é uma demonstração de status.

Para entrar na festa é necessário reservar uma mesa com capacidade para até 10 convidados. Os preços começam em US$ 3 mil. Não há lista de entrada ou ingressos avulsos.

“Eu honestamente sinto que já venci a Covid-19 no mínimo umas três vezes”, chegou a dizer “Young Selfie”. “Tenho praticado o distanciamento social, mas por causa do trabalho estive em múltiplos voos durante a pandemia. Não tinha dúvidas de que iria à PH”, completou.

O rapaz afirmou que os clientes precisavam medir a temperatura antes de entrar e a equipe oferecia máscaras ao público – que optou por não utilizá-las.

O Centro para o Controle e Prevenção de Doenças dos EUA recomenda que o público utilize máscaras de proteção e mantenha uma distância mínima de 2 metros de outras pessoas.

Os Estados Unidos são o país com mais óbitos em decorrência do coronavírus: até esta sexta-feira (19), foram mais de 118 mil mortes e mais de dois milhões de casos confirmados. Enquanto que o Brasil detém 49 mil vítimas até o momento e bateu 1 milhão de infectados.

Fechar X
Sem mais artigos