Ah, a infância! Aquela época da vida em que não nos importávamos com muita coisa. Entre nossas poucas obrigações estavam os deveres de casa que recebíamos na escola e a busca incessante por alguma brincadeira que ficasse entre o perigo e a diversão. Um bom exemplo disso eram as corridas de ‘carrinho de rolimã‘. Esses veículos extremamente radicais (e nem um pouco seguros) eram feitos com pedaços de madeira e rolamentos de carro. Os freios, invariavelmente, eram os nossos próprios pés: quando queríamos parar o ‘carro’, utilizávamos o atrito da ‘chinela’ no asfalto para diminuir a velocidade.

Na Nova Zelândia (na cidade de Rotorua, para ser mais preciso), um parque de atividades ao ar livre criou uma versão ainda mais radical da brincadeira: uma descida pela montanha Ngongotaha. Podemos dizer que essa é uma versão ‘gourmetizada’ das corridas que fazíamos nas nossas ruas esburacadas?

O vídeo foi gravado por Sam Pilgrim, piloto britânico de mountain bike e campeão mundial na categoria free ride em 2013. Repare que, em alguns momentos, o contador de velocidade chega a 36 milhas por hora, o que equivale a quase 58km/h! E aí, você teria coragem, bicho?

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos