O verão se aproxima e é comum que as pessoas queiram aproveitar o sol o máximo possível. Afinal, para quem ficou o ano inteiro dentro de uma sala de aula ou de um escritório, nada melhor do que viajar e aproveitar para se bronzear, mas não para se queimar.

Para isso, a dermatologista Cláudia Maria Escaleira de Oliveira Dourado afirma que é fundamental passar o protetor solar diversas vezes ao dia. “Ele deve ser aplicado 30 minutos antes do início da exposição ao sol e ser reaplicado a cada duas horas, devendo ser, no mínimo, FPS-15. Também deve ser evitada a exposição ao sol das 10hs às 16hs.”

As pessoas de pele clara devem ficar mais atentas aos riscos de ficar muito tempo expostas ao sol sem usar protetor, pois elas são mais propensas a desenvolver o câncer de pele. “As pessoas de cabelos e olhos claros, ruivas, com muitas sardas ou pintas são o principal grupo de risco. Esse tipo de câncer também é mais comum em pessoas com mais de 40 anos e que se expuseram muito ao sol”, afirma a dermatologista.

Ela ainda alerta que é preciso ficar atento a alguns sinais que indicam a doença: lesões elevadas, translúcidas, avermelhadas, castanhas, rósea ou multicoloridas, pinta preta ou castanha, que muda de cor, tamanho ou torna-se irregular, além de manchas ou feridas que não cicatrizam.

Veja algumas dicas importantes para proteger a pele:

– Primeiramente devemos lembrar que o sol brilhará durante todo o período, então não precisamos nos bronzear em um só dia

– Leve chapéu, camiseta, barraca de lona ou algodão (absorvem 50% das radiações ultravioletas, enquanto as barracas de nylon são menos confiáveis, pois deixam passar 95%dos raios UV)

– Faça reaplicações dos fotoprotetores, principalmente após transpiração intensa ou contato com a água

– O uso de fotoprotetores no couro cabeludo é indispensável em pessoas calvas. A pele do lábio, embora apresente características próprias, também está sujeita a câncer e, portanto, deve ser protegida

– Use hidratantes de boa qualidade sempre de forma abundante

– Cuidado com produtos fotossensibilizantes, como o limão

– Resistir à tentação de câmeras de bronzeamento artificial, pois trazem prejuízos a saúde, como o envelhecimento precoce e o câncer de pele

– Atenção especial às crianças e pessoas de pele clara, pois os efeitos da radiação solar são acumulativos

Fechar X
Sem mais artigos