Elizabeth Raine, de 27 anos de idade – que não usa seu nome verdadeiro – está querendo vender sua virgindade pela internet, e já consegui um lance de 180 mil euros – sua meta é 250 mil.

Ela afirma nunca ter visto um homem nu, ou ter deixado algum homem vê-la nua.

Ela teve que contratar um advogado de Sidney, Austrália, para fazer a venda; nos Estados Unidos é terminantemente proibido vender sexo.

À emissora de rádio Kiis Sydney 1065, ela disse : “Eu ainda sou virgem por um monte de razões realmente normais. Por exemplo, ser ocupada e não me focar em homens, já que sou muito ambiciosa.”

Ela descreveu o leilão – um encontro de 12 horas que inclui a sua primeira experiência sexual – como uma “transição brusca de virgem para literalmente uma vadia” .

A estudante acrescentou: “Uma menina brasileira recentemente recebeu uma oferta de 400 mil dólares e que soa como um valor muito bom para mim. Haverá um contrato quando chegar a hora e eu vou ter algumas limitações, mas eu não quero tudo seja rigoroso, coordenado e artificial.”

E ela não quer que a primeira vez seja a única: “Estou aberta a fazer várias vezes. Provavelmente vou colocar algum limite para o número , mas ainda não decidi”, afirmou a jovem.

Primeiramente, ela havia postado algumas fotos sexys, com o rosto cuidadosamente coberto. Porém ela decidiu mostrar o rosto, apesar de temer ser expulsa da universidade.

“Eu não acredito que é um dom sagrado que deve ser reservado para o homem que eu amo , nem é um testemunho da minha honra ou virtude”, disse Elizabeth sobre sua virgindade.

Questionada durante a entrevista que tipo de homem ela espera que irá tirar sua virgindade , ela disse: “A maior quantidade de dinheiro é o que eu estou procurando”.

Ela duvida que ela vai fazer um segundo encontro com seu pretendente: “Eu não descartaria o amor , mas é muito improvável”, acrescentou.

Fechar X
Sem mais artigos