Mateus levou um golpe de cassetete na cabeça

Luiz da Luz/O Popular Mateus levou um golpe de cassetete na cabeça

O estudante Mateus Ferreira da Silva, que estava internado desde o dia 28 de abril na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), após sofrer traumatismo cranioencefálico causado por um golpe de cassetete de um PM em sua cabeça, foi transferido para a enfermaria nesta terça-feira (9), segundo boletim médico.

Mateus, de 33 anos, está em situação estável e consciente, orientado, verbalizando e respirando de forma espontânea. Não há previsão de novos procedimentos cirúrgicos e nem de alta.

O estudante, que cursava sua segunda faculdade em Goiás, foi agredido por um capitão da Polícia Militar local durante protesto que compôs a greve geral, convocada para aquele mesmo dia em manifestação contra a reforma trabalhista e da previdência proposta pelo governo de Michel Temer. O cassetete do PM chegou a quebrar no meio tamanha a força do golpe. Mesmo com diversas câmeras acompanhando o confronto, nenhum ato de vandalismo cometido por Mateus foi encontrado ou registrado. O oficial foi afastado.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos