Um estudante de 27 anos foi preso na África do Sul por enganar funcionários da rede de fast food KFC. O homem, que não teve a identidade revelada, sempre aparecia nas lojas e mostrava um crachá falso dizendo trabalhar no escritório central da companhia. Com isso, conseguia se alimentar de graça.

Segundo o site Metro, por um ano inteiro, ele se fazia passar por inspetor de qualidade da rede e, por conta disso, saia das lojas carregado com grande quantidade de comida.

“Ele era muito convincente, era confiante. Quando chegava, verificava tudo na cozinha como se realmente soubesse o que estava fazendo, tinha um caderno de anotações. Acho que provavelmente ele já trabalhou para o KFC porque ele sabia de tudo e conhecia até outros funcionários da rede”, disse uma pessoa que não quis se identificar.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos