Um estudo da John Hopkins University revelou que pequenas quantidades de sulfeto de hidrogênio – gás liberado em flatulências – podem ajudar no tratamento de pressão alta.

Esse gás também é produzido pela enzima CSE, encontrada nas células que revestem as veias sanguíneas, e tem a função de relaxar essas veias e baixar a pressão.

Para realizar o teste, alguns camundongos foram geneticamente modificados para ter deficiência da enzima CSE e, portanto, apresentar pressão sanguínea 20% mais alta do que camundongos normais. Ao receberem remédios para relaxar as veias, os camundongos modificados não apresentaram mudanças. Isso mostra que o gás é o responsável pelo relaxamento.

Em entrevista à BBC, o pesquisador Solomon Snyder disse que é possível estimular a produção do gás para ajudar nos tratamentos: “Agora que sabemos que o sulfeto de hidrogênio tem um papel no controle da pressão, pode ser possível criar terapias com remédios que aumentem sua produção como alternativa para os atuais métodos de tratamento de hipertensão”.

Vestibular 2009 Centro Universitário Senac. Clique e inscreva-se.

Fechar X
Sem mais artigos