Um homem foi preso e condenado a passar 10 meses na cadeia por ter urinado na linha de produção de cereais de uma fábrica da Kelloggs, no Tennessee, nos Estados Unidos.

Gregory Stanton, de 49 anos, foi detido após publicar em um site diversos vídeos em que ele aparece urinando sobre a linha de produção dos cereais.

Procurada pela WMC-TV, a Kelloggs não soube informar se os cereais contaminados foram comercializados pela empresa após o caso.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos