Pierre, um garoto francês de 19 anos e estudante de arqueologia, se autodenomina um “caçador de história”. Morador de Dijon, na França, ele passou suas mais recente férias de verão dando um rolê pela sua cidade fotografando locais que foram capturados em fotos da Segunda Guerra Mundial.

A ocupação da França pelos exército nazista alemão ocorreu no começo da guerra. Em apenas pouco mais de um mês, a Alemanha conquistou a a capital francesa com muito mais poder de fogo contra um país dividido internamente entre esquerda e direita. Parte da França foi comandada diretamente por Berlim (Paris e toda o litoral Atlântico), e a outra parte continuou autônoma – porém comandada por pessoas fiéis ao nazismo. A ocupação só teve fim quatro anos depois, quando parte do exército Aliado liderado pelos americanos desembarcou na Normandia, no famoso Dia D, e gradualmente expulsou os alemães do território francês.

Pierre gastou inúmeras horas procurando fotos de Segunda Guerra em sua cidade, depois pesquisando os locais menos conhecidos no Google Earth  planejando seu itinerário. As fotos são da época da ocupação alemã e foram tiradas por soldados desconhecidos.

“Há uma coisa que eu amo sobre isso: olhar para a foto antiga ao estar ali, imaginando alemães, as Forças Livres Francesas, os uniformes, os fuzis, a dor, a alegria e todas estas situações em torno de mim. Isso me faz sentir que sou, eu mesmo, uma parte da história”, resume o garoto.

 

Fechar X
Sem mais artigos