A mãe da primeira desportista da Tailândia a ganhar uma medalha olímpica nos Jogos de Londres vestirá durante nove dias o hábito de freira budista para agradecer o sucesso de sua filha na competição de halterofilismo, informou nesta terça-feira (31) a imprensa local.

 

Amornat Sirikaew disse que entrará em um mosteiro budista para cumprir a promessa que fez se sua filha Pimsiri conseguisse uma medalha, em seu caso de prata e que foi ontem festejada com fogos de artifício pelos habitantes de Khon Kaen, a cidade do norte da Tailândia na qual a família mora.

A mulher, que explicou que sua filha antes de partir para Londres teve a visão que ganharia a medalha de prata na categoria até 58 quilos, abraçará a vida de monja durante nove dias a partir da próxima sexta-feira, quando começa a quaresma budista.

É uma prática comum entre os budistas tailandeses usar as vestes dos monges durante certo tempo como ação de graças após ter realizado uma promessa a Buda.

Fechar X
Sem mais artigos