Rachel Palma foi para a sala de cirurgia diagnosticada com um tumor cerebral que precisaria ser removido, mas para a sua surpresa – e a dos médicos -, o diagnóstico foi um engano. Porém, seu cenário era ainda bem sério, e bem estranho.

A paciente de 42 anos havia feito tomografias que revelaram irregularidades no seu cérebro, que pareciam ser tumores. Tudo indicava que era um câncer.

Quando começaram a cirurgia, os médicos não encontraram exatamente o que esperavam. O que viram foi descrito por eles como “tecido semelhantes a ovos de codorna”. Sem entender bem o que estavam vendo, os médicos analisaram os “ovos” numa lente microscópica.

Após abrirem os ovinhos, acharam algo que não esperavam: um pequeno parasita.

“Claro que fiquei com muito nojo”, disse Rachel. “Mas ao mesmo tempo, fiquei aliviada, pois não precisaria de mais nenhum tratamento”.

Depois de meses sofrendo com insônia, confusão mental, alucinações, e dificuldades motoras nas mãos, Rachel pôde finalmente se livrar de todos os problemas com uma só cirurgia – por mais que tenha tido uma supresa no final.

Veja fotos da tomografia a seguir, e uma dos ovinhos (para os que têm estômago):

Fechar X

 

Fechar X
Sem mais artigos