Projeto da SEArch+/Apis Cor ficou em 1º lugar

A Nasa dá mais um passo para tornar a vida interplanetária uma realidade. A agência espacial escolheu os três finalistas do projeto 3D-Printed Habitat Challenge (Desafio de Habitação 3D, em tradução livre), no qual os times competem para criar os melhores designs de moradias para um possível futuro na Lua ou em Marte.

O desafio começou em 2015, em parceria com a Bradley University, de Illinois. A equipe SEArch+/Apis Cor passou em primeiro lugar, com uma estrutura única acompanhada de aberturas para a entrada de luz natural. O vice-campeão Zoperhous sugeriu um estilo de moradia que pode ser construído por um robô autônomo e a Mars Incubator investiu em um local dividido em quatro espaços distintos, incluindo um para o cultivo de plantas.

Projeto do time vice-campeão Zopherus

Design do time Mars Incubator

Os vencedores foram escolhidos de acordo com a arquitetura, estética e viabilidade dos projetos. As equipes vencedoras dividiram um prêmio de US$100 mil, de acordo com a CNN.

A próxima rodada está prevista para terminar em Maio e desafia os finalistas a imprimirem em 3D modelos em escala de suas ideias. O grande vencedor ganhará uma bolsa no valor de U$2 milhões.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos