‘Octomãe’ com os filhos

A “octomãe” Natalie Suleman revelou que foi atacada por outras mulheres. Uma jogou café sobre seu carro e outra furou os pneus.

Natalie, agora mãe de 14 crianças, incluindo os óctuplos – Noah, Maliyah, Isaías, Nariyah, Jonah, Makai, Josiah e Jeremiah – revelou que ela foi uma vítima do que ela alegou ser “crimes de ódio” em um postagem sincera no Instagram.

“Tenho experimentado discriminação implacável, tanto na escola quanto na minha rua ”, afirmou.

“Continuo a sentir o mesmo ódio indevido de uma década atrás, depois do nascimento dos óctuplos. Infelizmente, 99% desses crimes de ódio foram cometidos por mulheres, até por mães companheiras”, ressalt0u.

Natalie foi implantada com 12 embriões – um movimento profundamente controverso que levou Michael Kamrava, que os implantou, a perder sua licença médica nos Estados Unidos, em 2008.

Os óctuplos chegaram em 29 de janeiro de 2009, em Bellflower, Califórnia.

Quarenta e seis médicos estavam envolvidos na sua chegada com 31 semanas e – apesar de haver muitos deles – eles eram saudáveis ​​e continuam sendo.

Mas Natalie disse que foi intimidada nos 10 anos desde a sua chegada.

E, continuando com sua mensagem no Instagram, ela disse que não era uma celebridade – e pediu às pessoas que não se aproximassem dela na rua. “E mais gentil, evite vir até mim”, disse ela.

“Eu escolhi não abraçar a celebridade, já que nunca me esforcei para alcançar a meta de ‘celebridade’. Eu sou uma mãe. Não uma celebridade e não é um “octomomãe”.

Referindo-se aos seus dias de pornografia, aos quais ela disse ter se voltado “por desespero”, ela disse que desistiu por causa de seus filhos.

“Eu não queria que meus filhos se lembrassem de mim assim. Fui forçada a fazer coisas que não queria fazer porque estava tão apavorada que não podia sustentá-los e dar a eles a vida que eu merecia”, disse.

“Quando abandonei e voltei para quem eu realmente sou, tive aquela sensação de paz, alegria interna”. completou.

Fechar X

 

Fechar X
Sem mais artigos