Um pedreiro de 22 anos garante ter visto uma fada em sua casa, na cidade mexicana de Guadalajara, e está até cobrando entrada das inúmeras pessoas que querem observá-la.

José Maldonado, que diz cobrar um “donativo” para mostrar o que parece um simples boneco de plástico, afirma já ter recebido 3 mil visitantes em sua casa em um dos bairros mais pobres e inseguros da cidade.

“Estava colhendo goiabas e vi um clarão. Achei que era um vaga-lume, encostei e senti que se movimentava. Quando a vi, percebi que era uma fada madrinha”, disse Maldonado à Agência Efe.

A história da fada que Maldonado garante ter descoberto no fim de semana passado correu como a pólvora e fez com que sua casa se enchesse de curiosos, que chegam a esperar até uma hora para entrar, comprovou a Efe.

Ao entrar na casa, o visitante se depara com um vaso cheio de formol com uma figura de aproximadamente dois centímetros de altura, de aspecto gelatinoso e parecida com a fada Sininho, personagem do conto de Peter Pan.

Maldonado assegura que o que parece ser apenas um boneco de plástico é uma fada e tinha vida quando ele a encontrou. E há quem acredite.

“Vi de tudo e acredito sim que a fada seja real. Por isso, queria vir para constatar que esses mitos são certos”, disse o visitante César Ramírez em declarações à Efe.

Para admirar por alguns segundos a “fada” e tirar uma foto, os curiosos devem deixar um “donativo voluntário” para ajudar Maldonado, que perdeu seu emprego recentemente.

Os vizinhos do pedreiro aproveitaram a situação para vender fotografias e chaveiros com a imagem da fada ao preço de 20 pesos (R$ 2,60) cada, ou bebidas e alimentos aos que esperam na fila de entrada.

Fechar X
Sem mais artigos