A famosa produtora de filmes Pixar, responsável por diversos clássicos do cinema moderno (tipo Toy Story e Nemo, se você é de Marte e não sabe do que estamos falando), publicou um vídeo com depoimentos de seus funcionários homossexuais. A postagem serve de apoio para evitar que adolescentes homossexuais tentem cometer suicídio.

Com a trágica onda de suicídios entre adolescentes homossexuais que atingiu os Estados Unidos, o bullying homofóbico é o novo alvo das pessoas de bem. Mas parece que um dos focos principais é fazer com que os adolescentes percebam que não é errado ser homossexual e que as pessoas devem se aceitar que uma hora tudo vai melhorar. E vale a pena aguentar um pouco antes que tudo melhore.
 
A campanha It Gets Better (algo como “Vai Ficar Melhor”) procura mostrar aos adolescentes que eles devem dar mais atenção ao seu futuro e à exemplos de gays bem sucedidos, do que aos preconceituosos valentões da escola ou da rua.

Justin Aaber, Billy Lucas, Cody Barker, Asher Brown, Seth Walsh, Raymond Chase e Tyler Clementi são alguns dos nomes de jovens adolescentes que não aguentaram a pressão de colegas ignorantes. Exemplos trágicos de uma moda que deve sair o mais rápido possível dos armários.

Diversas entidades e pessoas famosas participam da campanha. Desde o presidente americano Obama (você pode ver o vídeo no final do artigo), até anônimos da internet, a campanha já passa de 5 mil vídeos e 15 milhões de visualizações. A Pixar é uma das últimas grandes adições a essa lista, que já inclui celebridades como Justin Bieber, atores de Glee, Brothers and Sisters e por aí vai.

Resumidamente, o vídeo apresenta funcionários gays do brilhante estúdio, que contam o tanto que sofreram e como tudo melhorou depois que eles se encontraram na vida pessoal. Por mais que tudo pareça perdido e que você nunca vá encontrar pessoas que te aceitam, isso muda, tudo fica melhor.

Eles contam como sobreviveram à parte ruim e contam como é a parte  boa. Provam que é possível ser feliz e viver uma vida completamente normal, independente da sua orientação sexual. Infelizmente o mundo todo ainda não entendeu, mas existem muitos lugares que não são como a sua escola ou a sua família, lugares em que você pode ser você mesmo, conhecer pessoas novas que te aceitam e te amam.

Alteração em 25/11: Trocamos o vídeo por um legendado para facilitar o entendimento da campanha. O vídeo original pode ser visto AQUI.

Alguns dados apresentados pela It Gets Better são alarmantes. Nove entre dez estudantes homossexuais já sofreram algum tipo de agressão na escola. Estudantes GLBT são assediados duas ou três vezes mais do que estudantes comuns. Mais de um terço dos jovens homossexuais já tentou suicídio. Eles tem quatro vezes mais probabilidade de tentar suicídio, e em famílias que não aceitam a sexualidade do jovem essa taxa dobra.

E já que o artigo ficou enorme, aqui embaixo vão alguns vídeos de celebridades falando que tudo Vai Ficar Melhor.

Barack Obama – presidente dos Estados Unidos

Vários (Jenny McCarthy, Greg Grunberg, Anne Hathaway, etc…)

Chris Colfer de Glee

AJ McLean – Back Street Boys

Zachary Quinto – Heroes, Star Trek

Perez Hilton

Ke$ha

Kim Kardashian

Jesse Tyler Ferguson e Eric Stonestreet – Modern Family

Hilary Clinton

Jake Shears – Scissor Sisters

Chris Crocker – Leave Britney Alone


Tim Gunn – Project Runway

Dan Savage e Terry Miller – o primeiro vídeo

Mel C – Spice Girls (Enviado pela leitora Rosangela)

Fechar X
Sem mais artigos