Na tarde de quinta-feira (30), a Polícia Militar, juntamente com agentes da Polícia Federal, apreendeu aproximadamente 451 kg de cocaína, 3,7 kg de maconha e 5 mil litros de produtos químicos utilizados na mistura de entorpecentes, em um laboratório de drogas subterrâneo, em Tanquan, zona rural de Piracicaba – a 164 de quilômetros da cidade de São Paulo.

Um mandado de busca e apreensão levou os policiais militares das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) até o galpão, que fica distante das ruas e oculto em meio a uma grande plantação de cana-de-açúcar e eucalipto. Segundo a PM, o chão do local era formado por placas de concreto – uma delas tinha ainda um sistema de elevador hidráulico.

Os policiais contaram com a ajuda do Corpo de Bombeiros para chegar ao laboratório subterrâneo de refino de drogas. Os agentes usaram uma retroescavadeira para tirar a tampa de concreto e aço – a abertura do armazém de 52m² levou cerca de 6 horas. Até o momento, nenhum suspeito foi encontrado.

De acordo com a Polícia Militar, além dos entorpecentes, os policiais acharam 56 quilos de uma substância branca, balanças de precisão e uma prensa. Também foram apreendidos no local, uma geladeira, três aquecedores a gás, três botijões, peneiras, lâmpadas, e, em outro cômodo, camas e roupas.

Agentes da Guarda Civil Metropolitana de Piracicaba também participaram da ação. Os produtos químicos foram levados para perícia e as drogas para um depósito da Polícia Federal, onde a ocorrência foi registrada.

Fechar X
Sem mais artigos