Jacob Ford, de 17 anos, teve uma ideia criativa para protestar contra uma nova regra da sua escola, a Spalding Grammar School, na Inglaterra. Segundo o site Metro, a instituição proibiu o uso de mochilas no campus e alegou que as crianças estavam se machucando com o excesso de peso.

Sem uma solução de como carregar livros e pertencer pessoais, Jacob decidiu andar pelos corredores segurando um microondas. Lá dentro, colocou seu material escolar. O menino entregou também uma carta à escola contestando a regra.

“Eu acho que o protesto de Jacob foi muito pacífico e acredito que ele deva ser ouvido”, disse a mãe do garoto ao site.

A ideia lhe rendeu dois dias de suspensão, mas a proibição do uso de mochilas foi cancelada. Além do protesto de Jacob, a aluna Hannah Catterall fez uma petição online que teve 463 assinaturas perguntando como os alunos, principalmente as meninas, levariam para a escola itens de higiene pessoal, como absorvente, por exemplo.

Fechar X
Sem mais artigos