super-maglev-train

(Foto: montagem) Trem do futuro

Imagine entrar em um trem em Nova York e ao sair dele você está em Londres, ou vice-versa. Parece impossível, inimaginável e até piada, certo? Não para Vladimir Yakunin, presidente da Russian Railways, empresa que administra toda a ferrovia da Rússia. Em uma palestra recente, ele revelou um plano ambicioso de construir um linha ferroviária que sairia da metrópole americana, cruzaria toda a Europa e terminaria na Terra da Rainha.

Em entrevista a CNN, Yakunin disse que para o plano virar realidade, o Trans-Eurasian Belt Development (TEPR) teria que construir 21 mil quilômetros de pista. Uau! A ferrovia passaria pela Bielorrússia, Polônia, Alemanha, Holanda, Bélgica, França e Inglaterra. Ao todo, levaria 263 horas, ou aproximadamente 11 dias, para que o trajeto fosse concluído.

Veja um mapa simulando a viagem:

trans-eurasian-belt-development-tepr-proposed-route_100506070_l

Segundo Yakunin a maior dificuldade seria a construção de uma ponte gigantesca (ou um túnel) que ligaria o estado americano do Alasca com a Rússia. Seriam quase 90 quilômetros.O russo também adiantou que precisariam alguns trilhões de dólares para a construção da ferrovia.

As informações são do site Motor Authority.

Veja um vídeo que explica o projeto. Ambicioso, não?

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos