Mateus levou um golpe de cassetete na cabeça

Luiz da Luz/O Popular Mateus levou um golpe de cassetete na cabeça

O estudante Mateus Ferreira da Silva, 33 anos, foi agredido por um cassetete na cabeça durante um protesto como parte da greve geral desta sexta-feira (28). A ocorrência aconteceu em Goiânia e o golpe foi desferido por um policial militar.

Mateus sofreu traumatismo cranioencefálico (TCE) a está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave.

A Universidade Federal de Goiás repudiou a ação da Polícia Militar local. Mateus cursa o 3º período de ciências sociais na UFG. “A UFG é histórica defensora do direito à livre manifestação e condena com veemência atos de repressão que venham a cercear esse princípio democrático (…) o reitor Orlando Amaral irá cobrar da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária a adequada apuração dos fatos e a punição dos responsáveis”, diz um trecho de nota oficial emitida.

Um vídeo que circula na web mostra o momento da ação. Manifestantes e a polícia entraram em confronto e, na correira, um PM se aproxima de Mateus e desfere o golpe contra ele, que cai no chão com a mão na cabeça. O agente de segurança saiu correndo.

Mateus Ferreira recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros e foi levado de ambulância para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde permanece internado. Além do TCE, o estudante sofreu múltiplas fraturas. Ele está intubado e sedado na UTI.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos