O vídeo mostra uma jovem sniper curda na linha de frente da luta armada contra o estado islâmico. Gravado e divulgado pelo jornalista Hemze Hamza em sua conta no twitter, o vídeo impressiona pela proximidade com a qual o tiro passou da cabeça da combatente e por sua reação: ela simplesmente se abaixa e começa a rir do ocorrido!

Muito se fala sobre o fato de vários combatentes que viveram muito tempo em guerra perderem a sensibilidade com relação à vida humana, inclusive à sua própria. O vídeo pode ser um exemplo do caso, mas, segundo Hemze Hamza, ‘As mulheres curdas não conhecem o medo. Um ser humano normal temeria por sua vida depois de estar tão próximo da morte mas ela ficou rindo’.

tweet do jornalista que está cobrindo a guerra contra o estado islâmico

twitter/reprodução

Soldados do estado islâmico acreditam que eles não receberão nenhum tipo de premiação divina se forem mortos por uma, o que as têm encorajado a se alistarem na luta contra o terrorismo, como essa jovem que já matou 100 militantes do ISIS e tem recompensa de U$1milhão por sua cabeça.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos