O vulcão italiano Etna, localizado na ilha da Sicília, entrou em erupção neste sábado após os episódios que registrou no início do mês, deixou rios de lava em uma de suas encostas e expeliu uma nuvem de cinzas.

O vulcão – a montanha mais alta da Itália no sul dos Alpes, com 3.322 metros de altura – manteve intensa atividade durante três horas, informa a imprensa local.

Como vem sendo habitual nas últimas semanas, a erupção ocorreu em uma cratera muito ativa do sudeste do vulcão, que deixou grandes rios de lava na encosta do Vale del Bove, uma região desértica.

A nuvem de cinzas provocou alguns problemas de operabilidade no aeroporto da Catânia, onde vários voos sofreram atrasos, mas não foi necessário fechar o aeroporto, como ocorreu no dia 6, quando permaneceu interditado durante cerca de sete horas.

Neste ano, já chega a nove o número de erupções do Etna, vulcão de 45 quilômetros de diâmetro, localizado no leste da Sicília.

Fechar X
Sem mais artigos