Conhecida pelos modernos de São Paulo e do Rio, a Ash, marca de streetwear que foca em estampas coloridas, formas inspiradas em toy art e oitentismo, apresentou um inverno rico em moletons e sobreposições.

Ao som da banda feminina grunge dos anos 90 L7, os modelos desfilaram modelagens amplas, malhas, calças justas, e muitas peças masculinas maravilhosas.

Os estilistas Guil Macedo e Roberto Leme são experts no trabalho com acrílico (fazem toy arts e acessórios lindos) e mostraram na coleção o must-have do primeiro dia do evento.

Os brincos e colares coloridos com o formato de raio causaram furor no backstage. Modelos, jornalistas, maquiadores, todos queriam o brinco “de presente”.

A beleza assinada por Paulo Filatier da Glloss trazia um cabelo preso e desarrumado em um rabo, fingindo um dread. Os olhos acompanhavam as roupas com cores fluor em toda pálpebra. Uma delícia de desfile, com peças usáveis todos os dias.

Foto: beleza da Ash feira por Paulo Filatier.

Fechar X
Sem mais artigos