Trabalho realizado por Rodolpho Torres

Reprodução/Rodolpho Torres Trabalho realizado por Rodolpho Torres

Este mês, a cantora Gretchen surpreendeu ao contar que tinha feito uma tatuagem para suavizar as olheiras. O procedimento foi feito com o tatuador Rodolpho Torres, de São Paulo, que desenvolveu uma técnica especial para esse tipo de procedimento, que também pode ser feito para camuflar estrias. Ele chama sua criação de Agulhas Mágicas.

“Desenvolvi o método com o objetivo de tornar a tatuagem mais do que simplesmente artística, no sentindo de desenho. Queria também poder utilizá-la com um meio de auxílio na parte estética feminina”, afirmou.

Para isso, ele usa tintas em tom similar a pele da cliente, camuflando completamente as olheiras e as estrias. “Eu vi a chance de pode resolver alguns problemas estéticos com cores. Problemas estéticos femininos, na maioria das vezes. A maior parte das minhas clientes são mulheres. Fiz tudo com muito estudo, muita dedicação. Foi com certeza inovador e bacana”, completou.

Gretchen

Reprodução/Instagram Gretchen

É igual tatuagem normal?

Rodolpho Torres explica que sim, o que muda é a regulagem da máquina de tatuar. “É uma tatuagem convencional. Uso materiais aprovados pela Anvisa (Angência Nacional de Vigilância Sanitária). O mesmo material que eu uso no meu estúdio é o mesmo material que todo tatuador tem acesso”, explica.

“Tenho uma regulagem especial na minha máquina, que nenhum tatuador consegue chegar, onde eu consigo com toda delicadeza, sem agressão à pele, fazer uma camuflagem tão sensível como na área dos olhos”, conta.

E dói? “Uso pomada anestésica, nenhuma cliente sente dor nenhuma, absolutamente nenhuma dor. E eu consigo ter a sutileza de trabalhar em uma região tão sensível que consigo fazer uma camuflagem, uma pigmentação natural, a ponto de não parecer tatuagem”, finaliza.

Trabalho realizado por Rodolpho Torres

Reprodução/Rodolpho Torres Trabalho realizado por Rodolpho Torres

Quem pode fazer e quanto custa?

Segundo Rodolpho, qualquer pessoa pode fazer. “Qualquer pessoa que tenha indicação para fazer uma tatuagem normal, tem indicação para fazer o meu procedimento. O meu procedimento utiliza tudo o que uma tatuagem regular utiliza. Só tem alguns artíficios que eu uso na aplicação, em termos de regulagem, mas todo mundo que pode fazer tatuagem, que tá liberado, pode fazer o meu procedimento sem problema nenhum. Sem nenhuma contraindicação”, disse.

E o preço? Bem, Rodolpho é criador da técnica, portanto o único tatuador que faz o métodos das Agulhas Mágicas. “O valor médio que eu cobro é o valor de uma pequena cirurgia plástica”, disse.

O que dizem os dermatologistas?

Segundo Dra. Ana Carolina Sumam,  na grande maioria dos casos tatuar olheiras e estrias é contra indicado. “Primeiro, porque é difícil um tatuador encontrar uma tonalidade que seja a cor exata da pele. Segundo, o paciente se expõe ao sol e, de certa forma, fica diferente”, diz. “No caso da olheira, sem dúvida é contraindicado, porque com o processo de envelhecimento a pele vai caindo, e o local que foi tatuado não vai estar na mesma posição”, completa.

A opinião é partilhada pela Dr. Beatriz Lima, dermatologista da clínica de medicina esportiva M. Albuquerque. “Os riscos implicados são inúmeros. Em primeiro lugar, há um sério risco em se entregar a procedimentos estéticos nas mãos de profissionais não médicos, pelo fato  deles não terem formação tão aprofundada sobre anatomia da face”, diz.

Trabalho realizado por Rodolpho Torres

Reprodução/Rodolpho Torres Trabalho realizado por Rodolpho Torres

“Na região dos olhos, a pele é muito fina e os vasos e nervos tem uma disposição peculiar, o que pode tornar o procedimento ainda mais arriscado se não souber a anatomia do local sobre o qual se aplica qualquer técnica. Deve-se considerar também o elevado risco de infecções pelo uso de material não estéril. Outro grave risco é de acometimento de algum vaso, que pode entupir com o pigmento e prejudicar a vascularização dos olhos, levando até a cegueira”, completa.

A Dr. Beatriz ainda afirma: “O uso de corretivos e maquiagens é melhor, pois também encobrem a cor e não tem caráter definitivo. A tatuagem não resolve a causa das olheiras e pode complicar a situação. Ou seja, há possibilidade da olheira continuar evoluindo e mudando de cor, com piores resultados estéticos e de caráter permanente”.

Rodolpho Torres rebate algumas dessas informações. “Com relação a parte dermatológica, não tem nenhuma contraindicação. Issso tudo é bobabem. Não existe nenhum estudo científico, nenhuma tese publicada que nessa região embaixo dos olhos não pode se tatuar”, afirma.

“Se fosse um dragão passando pelo rosto de alguém, se fosse uma rosa vermelha tatuada no rosto de alguém, pegando a região das olheiras ninguém falaria nada. se fosse um dragão tatuado no bumbum de uma moça que quer cobrir estria com dragao, ninguém falaria nada”, opina.

Trabalho realizado por Rodolpho Torres

Reprodução/Rodolpho Torres Trabalho realizado por Rodolpho Torres

“É sempre importante ressaltar que todos os cuidados com assepsia são seguidos no meu estúdio. É um estúdio de altíssimo padrão, uma clínica de altíssimo padrão. E sigo todas as regulamentações da Anvisa para operar como um tatuador”, completa.

Tem olheiras, mas não quer fazer tatuagem? Essas são as dicas!

“Algumas dicas importantes que podem ser feitas no dia a dia para atenuar olheiras mais profundas são: hidratar bastante a pele dessa região e dormir bem, pois o sono melhora a vascularização da região ao redor dos olhos e com isso diminui a presença de pigmento”, afirma a Dra. Beatriz.

“No consultório, um procedimento muito eficaz, é o preenchimento com ácido hialurônico. Com ele, conseguimos redução dos sulcos que se formam e melhoria da sua profundidade de imediato. Além disso, como o ácido hialurônico tem poder de hidratação muito forte, ele continua promovendo melhoria com o tempo, inclusive em relação à cor escurecida da região, portanto conseguimos melhorias e a curto e longo prazo. É um procedimento rápido,  pouco doloroso, e que não exige grandes cuidados na recuperação. Eu recomendo muito!”, completou.

Fechar X
Fechar X
Sem mais artigos