A ex-modelo e estilista L’Wren Scott, que se suicidou na semana passada em Nova York, deixou escrito um testamento em que faz de Mick Jagger, seu namorado, o herdeiro único de sua fortuna de US$9 milhões, informou nesta terça-feira o jornal “The New York Post”.

Um apartamento em Manhattan avaliado em US$ 8 milhões e US$1 milhão em joias, roupas, móveis, carros e outros objetos pessoais, assim como seu seguro de vida, compõem a herança de L’Wren, que escreveu que seu único beneficiado deveria ser “meu Michael Philip Jagger”, utilizando o nome completo do líder da banda The Rolling Stones.

Além disso, no texto ela ressalta que não queria que seu irmão Randy Bambrough e sua irmã Jan Bambrough Shane vissem um centavo de seu dinheiro. Ambos causaram problemas quando Jagger manifestou sua vontade de enterrar a namorada em Los Angeles.

“Omiti intencionalmente a herança para qualquer outro dos meus herdeiros com vida no momento da minha morte”, assegura em seu testamento a estilista, que aos 49 anos se enforcou em seu apartamento em Nova York no último dia 17.

Após o enfrentamento entre Jagger e a família, a estilista acabou sendo enterrada ontem em Los Angeles, em cerimônia fechada no cemitério Hollywood Forever.

Apesar de sua milionária herança, Cathy Horyn, antiga crítica de moda e amiga de L’Wren Scott declarou após o suicídio que a namorada de Jagger tinha sérios problemas financeiros e planejava fechar sua empresa.

Fechar X
Sem mais artigos